terça-feira, 20 de setembro de 2011

ESTUDO PARTE I - Pedro foi o Primeiro Papa?


O PAPA SEM POSSIBILIDADES DE ERROS EM MATÉRIA DE FÉ E MORAL


Abro a série apologética com este artigo .

A história da igreja católica apostólica romana define o papa como alguém infalível no que tange assuntos espirituais. Ele nunca erra no campo da fé e moral.

O Concílio Vaticano I com a participação de bispos de toda a igreja definiu o poder Papal. Neste Concilio ficou acertado que o Papa possui a ajuda do Espírito Santo para ensinar em matéria de fé e moral e que ele não erra nestes 2 campos junto com o sagrado magistério. Quero pedir aos amigos católicos que estão lendo este artigo uma atenção a observação abaixo também.  (Obs: Como pastor eu tenho que dizer que alguns pastores evangélicos se colocam nesta posição – acreditam que não erram e possuem a revelação sobrenatural de Deus com ajuda do Espírito Santo acreditando não errar em suas decisões. Não aceitam ser questionados em suas ordens e querem que todos obedeçam sem perguntas...mas como o assunto é outro e já escrevi muito sobre isso em meu blog, basta acessar outros artigos sobre estes pastores).

Voltando ao assunto...

A infalibilidade papal é a doutrina católica que de grande importância ao catolicismo. Aquilo que o Papa em comunhão com o sagrado magistério definir em matéria de fé ou moral é o correto ou está sempre correto. OU seja.... O papa tem a palavra definitiva e não erra pela assistência do Espirito Santo que o preserva de erros em assuntos relativos a fé, moral ou costumes.

Quando o papa define alguma coisa no campo da fé e moral , aquilo que foi decidido transforma-se em dogma ou uma verdade imutável que todo católico deve aderir em sua vida religiosa. Isso se torna irrevogável, ou seja, aquilo que não se pode anular.

Se fosse anulada a infalibilidade seria colocada em jogo devido impossibilidade do erro. Isso torna a doutrina católica irreformável.

Está escrito: “O Papa, Bispo de Roma e sucessor de São Pedro, é o perpétuo e visível principio e fundamento da unidade, quer Bispos, quer da multidão dos fiéis”.

O QUE O CATECISMO DIZ SOBRE O PAPA?

O terceiro Catecismo de Doutrina Cristã, Editora Vera Cruz, pág. 44 DIZ : “O Papa, a quem chamamos também Sumo Pontífice ou romano Pontífice, é o sucessor de São Pedro na Sede de Roma, o vigário de Jesus Cristo na terra, e o chefe visível da Igreja”.

As diversas literaturas Católicas afirmam que Pedro foi o primeiro Papa, o livro “Católicos Perguntam” de Estevão Bittencourt, OSB, na pág 15, registra que o Papa é sucessor de São Pedro, aquém Jesus entregou o pastoreio de toda a sua igreja. Para dar base a sua tese, ele afirma que Pedro é citado 171 vezes no Novo Testamento, que Pedro é colocado em primeiro lugar porque foi o primeiro relatado na relação dos Apóstolos (Mt 10v. 20), e ainda diz que numericamente o 1° lugar é o 1° em dignidade e honra. Ele toma por base as passagens Bíblicas de Mateus 20v. 27/Marcos 12v.28-31/ Atos 13v.50/ Atos 28v. 17.

Para não ficar extenso o meu artigo vou apenas abordar um ponto apenas: Se Pedro foi o primeiro Papa e o papa nunca erra no campo da moral e fé, Pedro também erra no mesmo campo – da fé e moral.

Mas será que Pedro nunca errou no campo da moral e fé?

Este será apenas o inicio de um estudo mais reflexivo e que vai colocar muitos versículos bíblicos.

Desde Já quero avisar aos leitores que por ser um assunto da Igreja Católica Apostólica Romana vou usar a bíblia AVE MARIA ON LINE - http://www.avemaria.com.br/biblia/

Isso faz com que ninguém pense que estou puxando a sardinha para o lado dos evangélicos por ser pastor. Peço aos religiosos de plantão que não fiquem escandalizados por usar esta bíblia.

Pedro é o primeiro Papa? Pedro nunca errou?
Se Pedro foi o primeiro papa ele também não deveria ter errado no campo da fé e moral.

Não posso negar a importância de Pedro para o cristianismo, ele foi uma pessoa que teve a ajuda do Espírito Santo e reconheço o seu valor, mas não posso concordar que Pedro nunca errou em matéria de fé e moral pois a bíblia me mostra seus erros nestes 2 campos.

PEDRO COMO BEM AVENTURADO E ESCÂNDALO

Pedro teve uma revelação do Espirito Santo em um certo momento importante. Jesus perguntou aos seus discípulos quem ele era. Alguns acreditavam que ele era um profeta, mas Pedro com a revelação do Espírito Santo trouxe a resposta certa, mas depois de alguns minutos foi repreendido por Jesus de uma forma radical . Vou colocar os textos aqui mesmo para ganhar tempo, mas eu gostaria de que você pegue a sua biblia católica (se vc for católico) e confira se o texto está correto.

Leia em sua bíblia católica a passagem de Mateus 16 v.13-19 :

13 Chegando ao território de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou a seus discípulos: No dizer do povo, quem é o Filho do Homem?

14 Responderam: Uns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas.

15 Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou?

16 Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!

17 Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus.

18 E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

19 Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus

Foi o Espírito Santo que revelou a Pedro que Jesus não era um homem comum e nem um profeta , mas o filho de Deus!

Não pare sua leitura por ai...continue lendo : Veja que Pedro não teve a mesma revelação quando começou a repreender Jesus quando o mestre falava sobre a sua morte que é um marco espiritual importante para todo e qualquer cristão.

Vou usar uma bíblia católica para que ninguém venha a dizer que estou manipulando a palavra com a bíblia evangéliva – Vou usar a Bíblia Ave Maria on line

Mateus 16 v.21-13:

21 Desde então, Jesus começou a manifestar a seus discípulos que precisava ir a Jerusalém e sofrer muito da parte dos anciãos, dos príncipes dos sacerdotes e dos escribas; seria morto e ressuscitaria ao terceiro dia.

22 Pedro então começou a interpelá-lo e protestar nestes termos: Que Deus não permita isto, Senhor! Isto não te acontecerá!

23 Mas Jesus, voltando-se para ele, disse-lhe: Afasta-te, Satanás! Tu és para mim um escândalo; teus pensamentos não são de Deus, mas dos homens!

Pedro errou sobre um assunto espiritual! Ele foi chamado de escândalo por Jesus.

Jesus disse que os seus pensamentos eram de homens e não de Deus.

Não fui eu quem disse, mas o próprio Jesus. Você pode ver isso em sua bíblia católica.

Podemos fechar os olhos para essa informação?

Não. Os erros de Pedro não param por ai, ele era um homem como eu e você passível de erro. Você mesmo pode ler em sua bíblia católica para que a Palavra do Senhor fale ao seu coração.

Não. Os erros de Pedro não param por ai, ele era um homem como eu e você passível de erro. Você mesmo pode ler em sua bíblia católica para que a Palavra do Senhor fale ao seu coração.

Outro erro de Pedro foi negar a Jesus quando ele foi preso e estava apanhando no sinédrio. Pedro estava sentado no pátio e uma mulher veio até ele dizendo que ele estava com Jesus e Pedro disse que não o conhecia.

Mateus 26 v. 67 - 75

67 Cuspiram-lhe então na face, bateram-lhe com os punhos e deram-lhe tapas,

68 dizendo: Adivinha, ó Cristo: quem te bateu?

69 Enquanto isso, Pedro estava sentado no pátio. Aproximou-se dele uma das servas, dizendo: Também tu estavas com Jesus, o Galileu.

70 Mas ele negou publicamente, nestes termos: Não sei o que dizes.

71 Dirigia-se ele para a porta, a fim de sair, quando outra criada o viu e disse aos que lá estavam: Este homem também estava com Jesus de Nazaré.

72 Pedro, pela segunda vez, negou com juramento: Eu nem conheço tal homem.

73 Pouco depois, os que ali estavam aproximaram-se de Pedro e disseram: Sim, tu és daqueles; teu modo de falar te dá a conhecer.

74 Pedro então começou a fazer imprecações, jurando que nem sequer conhecia tal homem. E, neste momento, cantou o galo.

75 Pedro recordou-se do que Jesus lhe dissera: Antes que o galo cante, negar-me-ás três vezes. E saindo, chorou amargamente.

Pedro nunca foi uma pessoa infalível e livre de erros. Jesus não tinha a infalibilidade como presente para o ser humano – seja ele quem fosse – porque iria contra a sua própria palavra.

PEDRO ERROU NO CAMPO DA FÉ E MORAL

ERRO MORAL – Ele mentiu – Ele foi mentiroso em dizer que não o conhecia Ele andava com Jesus ! Como poderia dizer que ele não o conhecia?

Além de ser pecado, metir é uma questçao de conduta moral.

A Bíblia diz em Efésios 4:25 “Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros.”

Êxodo 20:16 “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.”

Pedro deu um falso testemunho contra o seu próximo.

A mentira é abominável ao Senhor:

Provérbios 12:22 “Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor; mas os que praticam a verdade são o seu deleite.”

A Bíblia diz em 1 João 2:4 “Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.”

Mas você pode estar dizendo: Mas Pedro errou como nós!

É verdade, por isso ele não pode ser o primeiro papa e nunca pode provar que (se é o papa como a doutrina catolica romana diz) possuia a infalibilidade. Esta é a prova de que todo e qualquer homem possui erros.

ERRO DA FÉ – Ele queria que Jesus tivesse compaixão dele mesmo e não se entregasse para ser morto, mas a morte de Jesus foi o ato de precioso do próprio Deus! Jesus foi o ultimo sacrifício na cruz.

João 3v. 14-17 :

14 Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, 15 para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna.

16 Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

17 Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele.

Na passagem de Mateus 16, Pedro recebeu a orientação do Espirito Santo em um momento, mas deixou com que a sua vontade como ser humano tomasse conta dos seus pensamentos.

Isso mostra que qualquer ser humano pode errar e estar baseando-se em seus pensamentos humanos. Porque o Papa não pode errar no campo de moral e fé como Pedro errou?

O nosso sentimento humano preservaria Jesus da morte, mas se isto acontecesse o nosso pecado não seria perdoado. O sangue de Jesus purifica o ser humano de todo pecado

Bíblia Ave Maria – Apocalipse 1 v.5-6 :

5 e da parte de Jesus Cristo, testemunha fiel, primogênito dentre os mortos e soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, que nos lavou de nossos pecados no seu sangue

6 e que fez de nós um reino de sacerdotes para Deus e seu Pai, glória e poder pelos séculos dos séculos! Amém.

A palavra inabalável, quer dizer, “que não pode ser abalado, firme” : A posição de Pedro foi inabalável referente a possibilidade de Jesus não se entregar como ultimo sacrifício?

Se Jesus fosse na opinião de Pedro - A igreja nem existiria, pois Jesus é a essencia do Cristianismo e a sua morte é a chave para o reino dos céus.

No próximo artigo sobre o Papado vou analisar com você se é possível Pedro ser a pedra que a igreja esta fundamentada.

Deus abençoe e até a próxima.

Não pretendo ofender a ninguém, quero apenas colocar alguns pontos para ser pensado e analisado diante da regra de fé do cristão – A Bíblia (como faço com a igreja evangélica também). Sei que todo católico possui ou deveria possuir a Bíblia - ela deve ser sua regra de fé.

Pr. Alexandre Farias

3 comentários:

Salviano Adão disse...

A paz querido Pr. Alexandre farias, meu nome é Salviano Adão do blog; A única verdade em sua própria bíblia. O motivo do meu contato é porque gostaria de fazer uma parceria em nome de Jesus, já postei o blog do querido em minha lista de blog, passa lá depois para dar uma conferida, e gostaria que você também postasse o meu blog em seu blog, mas essa parceria é só se quiser.
Que Deus abençoe e aguardo o seu contato.

Salviano Adão disse...

A paz querido, meu nome é Salviano Adão do blog; A única verdade em sua própria bíblia. O motivo do meu contato é porque gostaria de fazer uma parceria em nome de Jesus, já postei o blog do querido em minha lista de blog, passa lá depois para dar uma conferida, e gostaria que você também postasse o meu blog em seu blog, mas essa parceria é só se quiser.
Que Deus abençoe e aguardo o seu contato.

Antonio Batalha disse...

É para mim uma grande alegria, acessar ao seu blog e ver o que escreve, continue a ser uma benção, e a escrever sempre mensagens de amor e esperança e de edificação, Deixo um faterno abraço e um desejo de um Ano Novo cheio de graça amor e paz, e que se possa lembrar sempre que o próximo precisa de si.