segunda-feira, 23 de julho de 2012

Religião separa Tom Cruise e Katie Holmes?

Religião pode ter sido a causa de divórcios de Tom Cruise e Katie Holmes anunciado ontem dia (29) pelo advogado, Jonathan Wolfe, confirmando a terceira separação de Tom. "Este é um assunto pessoal e privado", disse Jonathan em um comunicado.


O motivo do divórcio segundo o site TMZ seria a religião de Cruise a cientologia que une os princípios e práticas do budismo e do hinduísmo com o conhecimento e a tecnologia ocidental.


Segundo pessoas ligadas ao casal, Katie temia que Cruise levasse a filha Suri para sua religião, já que ela não é adepta a religião do marido, além disse fontes ainda ligadas a Katie disse que Tom a sufocava e que era muito controlador.

“Ela literalmente não teve tempo de respirar. Tom tomava todas as decisões, inclusive sobre o nome dela, porque ele odiava que a chamassem de Katie, tratando-a sempre por Kate, o que ela por sua vez detestava. Ele vetava papéis dela no cinema, decidia as férias, como Suri seria criada, onde iriam jantar, tudo”, disse a fonte ao jornal Radar Online

Segundo advogado de Tom, ele foi pego de surpresa e está muito triste com a decisão da esposa.

"Kate pediu o divórcio e Tom está profundamente triste e está se concentrando em seus três filhos Por favor, permita-lhes a sua privacidade”, disse porta-voz Cruise à BBC.


Casamento e religião


Uma das cenas mais famosas do início de relacionamento do casal aconteceu quando Cruise pulou em um sofá no programa de Oprah Winfrey, declarando seu amor por Holmes.

O ator propôs casamento a Katie na Torre Eiffel, em Paris e logo depois Cruise se casou com Holmes, sua terceira esposa, em um castelo italiano em Novembro de 2006. O casamento foi celebrado por um ministro da Igreja da Cientologia.

Cruise, adepto à cientologia desde a década de 80, seria fanático pela religião. A cientologia foi fundada nos Estados Unidos, em 1954, pelo escritor de ficção científica Lafayette Ron Hubbard.

A filosofia prega a imortalidade do ser humano e estimula a limpeza da alma e da mente. Para os adeptos, o homem é um ser imortal, composto de três partes: corpo, mente e espírito. Sua experiência vai muito além de uma só vida, acreditando na reencarnação. A salvação depende de si mesmo, de seus semelhantes e de sua relação com o universo.

Em 2007, Tom Cruise foi considerado pelos líderes da seita, o "Cristo" da cientologia. De acordo com o tablóide britânico "The Sun", o ator disse que foi escolhido para espalhar a palavra de sua fé através do mundo. Segundo o ator, a cientologia tem o poder de criar novas e melhores realidades.

FONTE: http://portugues.christianpost.com/news/religiao-separa-tom-cruise-e-katie-holmes-11841/

Um comentário:

Pr. J. Fabio Scofield disse...

Olá Pr. Alexandre, Graça e Paz...

Parabéns pelo seu excelente trabalho neste blog. Passai para conhecer, gostei e se me permite, estou lhe seguindo.Se desejar também conhecer o nosso humilde trabalho, fique a vontade.
Logo estarei voltando com mais tempo para estudar as suas postagens, e se possível fazer algum comentário.
Deus te abençoe....