segunda-feira, 31 de maio de 2010

PADRE LARGA A BATINA "CULTO A IMAGEM É IDOLATRIA"

A comunidade católica da cidade de Sousa foi surpreendida com a notícia, divulgada pela imprensa falada e escrita, dando conta de que um padre da Igreja Católica Apostólica Romana teria "largado a batina" para se tornar evangélico.

Trata-se do agora ex-padre Lourival Luiz de Sousa, religioso residente no Núcleo II, ordenado na Igreja Católica como Padre desde o dia 18 de Junho de 2000, o qual ao longo dos últimos 10 anos exercei o sacerdócio como pároco nas cidades de Aguiar(PB), Igaraci(PB), Diamante(PB), Boa Ventura(PB), Curral Velho(PB) e Belém do Brejo do Cruz(PB), além de visitas em igrejas de outras cidades sertanejas, e ainda, auxiliar nas paróquias dos municipios de Sousa e de Cajazeiras.

Justificando a decisão, consta que o ex-padre Lourival Luiz de Sousa estudando a Palavra de Deus - a Bíblia Sagrada - começou a ter uma nova visão religiosa quando ainda exercia o sacerdócio na cidade de Diamante(PB), no ano de 2003, época em que estava ensinando uma doutrina que, segundo ele, contrariava a Bíblia Sagrada e, naquela cidade, começou a ensinar às pessoas que a Bíblia reprova a adoração às imagens de escultura(Sabedoria 15.15-18 - livro apócrifo; Êxodo 20.4,5; Isaías 45.20; Deuteronômio 4.15-19) e que o único Salvador é Jesus Cristo(João 4.23; Atos 4.12; I Timóteo 2.5) e nãos as tradições das igrejas.

O ex-padre Lourival Luiz prosseguiu pregando que a Bíblia é o caminho para conduzir as pessoas a fazerem a vontade de Deus e se aproximarem de Deus(Tiago 4.8), devendo servi-lo de toda alma e de todo o coração(Marcos 12.30-33) e não apenas com obras de caridade, visto que a salvação é obtida pela graça de Deus, por meio da fé, sendo um dom de Deus e não vem das obras(caridades e coisas semelhantes) para que ninguém se glorie(Efésios 2.8,9).

Após, as reiteradas leituras da Bíblia, de forma integral, o ex-padre Lourival passou a sentir forte desejo de ser evangélico e congregar numa igreja onde se adorasse a Deus verdadeiramente, onde os verdadeiros adoradores adoram ao Pai em espírito e em verdade(João 4.23). Baseado em João 8.32(E conhecereis a verdade e a verdade - Jesus - vos libertará) e em João 8.36(Se, pois, o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres).

Há mais de um ano que o ex-padre era ouvinte cativo do Programa A Bíblia no Ar, programa radiofônico da AD-Sousa, levado ao ar pela Rádio Progresso de Sousa - AM 610, das 21h00m as 22h00m, de segunda a sexta-feira, e, no domingo, das 13h00m as 14h00m. O que chamava a atenção dele é que em tais programas nunca se falava contra a Igreja Católica, apenas se pregava a Palavra de Deus, e o genuíno e verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo e, aos poucos ele foi entendendo que Deus o queria na Assembleia de Deus, congregando com os irmãos da AD-Sousa.

Na última quarta-feira(28Abril2010), o ex-padre compareceu à Igreja Católica do Núcleo II, localizada no distrito de São Gonçalo, pertencente ao município de Sousa(PB), onde ele celebrava missas, para se despedir das pessoas e dizer revelar em público que não mais seria celebraria missas, nem seria mais sacerdote, pois estaria "assumindo Jesus como único salvador e governador de sua vida".

Na quarta-feira(28Abril2010), às 19h00m, ao chegar na Igreja Católica, que estava lotada de fiéis, ele pediu para abrirem a Bíblia em I Timóteo 2.5, onde diz que "há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem" e disse: "Na Primeira Carta de Timóteo, capítulo 2 e versículo 5, está escrito que só há um Mediador entre Deus e os homens - Jesus Cristo, e a partir de hoje eu tomei a decisão de não mais ser católico e nem sacerdote e a partir de hoje eu sou evangélico da Igreja Assembleia de Deus".

Os fiéis ficaram escandalizados sem acreditar nem mesmo entender o que ouviam, uns choravam, outros diziam que o padre estava louco/doido, outros choravam... os parentes, pais e irmãos e irmãs tomaram um choque muito grande e ficaram inconformados, tendo uma sobrinha do mesmo revelado que estava com raiva do mesmo, no que o ex-padre Lourival Luiz declarou que a perdoava, pois "Deus é amor e nele havia agora o verdadeiro amor de Deus em seu coração".

Demonstrando segurança, o ex-padre Lourival Luiz de Sousa disse que nem de longe passou pela cabeça de titubear, embora estivesse vendo muita gente chorando na igreja e muitos escandalizados, mas eles estava convicto da decisão de aceitar a Jesus como Salvador, citando que na Bíblia está escrito que "quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e o quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim"(Mateus 10.37).


Já na sexta-feira(30Abril2010), o agora irmão protestante Lourival Luiz participou de um grande culto na AD-Sousa, onde foi bem acolhido, com a presença do Pastor Alexandre Duarte da Costa, com a igreja superlotada, onde o mesmo adorou a Deus e testemunhou sobre a decisão de aceitar a Jesus, pedindo aos irmãos que orassem por ele, pois tem sido alvo de rejeição e de perseguição na sociedade sousense, sofrendo inclusive forte pressão da Igreja Católica para desistir da decisão de ser crente.

O Pastor Alexandre Duarte da Costa, juntamente com a Assembleia de Deus em Sousa/PB, acolheu muito bem o irmão Lourival e está prestando toda a assistência necessária ao novo irmão na fé, fornecendo apoio espiritual, social e material necessários ao fortalecimento da fé do novo irmão.

A Carta de Renúncia ao Sacerdócio Católico, preparada de próprio punho pelo ex-padre Lourival Luiz de Sousa, foi entregue, na manhã do sábado(01Maio2010), pessoalmente ao Bispo Diocesano D. José González na Diocese da Igreja Católica em Cajazeiras(PB), diocese a qual o ex-padre era subordinado.

Sem retorno
Em entrevista ao jornalista Petson Santos, da Rádio Oeste de Cajazeiras(PB), proprietário do portal Diario do Sertão, o agora ex-Padre Lourival Luiz de Sousa que exercia o sacerdócio católico desde o dia 18 de Junho de 2000, confirmou a saída dos quadros da Igreja Católica Apóstólica Romana, pontuando que sua mudança de religião aconteceu por, principalmente, não aceitar a idolatria de imagens sacras. “Eu deixe a igreja católica, tirei a batina como se diz, e fui ao vivo entregar a carta de renúncia ao bispo Diocesano", pontuou em entrevista, o agora ex-padre.

Questionado pelo repórter sobre a possibilidade de rever a decisão adotada, o ex-padre foi taxativo “Não tem condição de eu voltar porque eu conheço a palavra. Deixe eu dizer uma coisa a você, 90% das pessoas que estão na igreja, porque gostam deste negócio de imagem, gosta de procissão, a gente prega sobre a idolatria e aí as pessoas não aceitam que está na palavra, então este foi um dos grandes motivos da minha saída”.


Fonte: Obeábá do Sertão / Via: Notícias Cristãs/ Blog Buscas Contantes - Pr.Ivan Nunes

2 comentários:

Pr. Flavio Muniz disse...

Paz do Senhor, Pr. Alexandre

Gostei muito do seu blog, e já o estou seguindo. Obrigado por seus artigos de grande relevância para a fé cristã e a apologética em geral.

Caso o irmão me dê a honra de sua visita, ficarei muito feliz.

www.palavradenovavida.blogspot.com

Que Deus te abençoe rica e abundantemente,

Pr. Flavio Muniz

Lady Dal disse...

sou uma ex- católica amei este blog. eu fico muito feliz pot este blog e a vida do irmão, eu vou seguir sempre este blog. eu tambem tenho um blog faça uma visita tem tudo sobre idolatria.www.dalquebrabaal.blogspot.com